presos suspeitos pichação bondinho foto divulgação

Foto: Divulgação

Três homens foram presos nesta segunda-feira (08) suspeitos de terem pichado o Bondinho da Rua XV. O caso aconteceu no dia 18 de junho. Os jovens de 20, 22 e 24 anos foram detidos e encaminhados ao 1.º Distrito Policial (DP), no bairro Campo Comprido, para falarem sobre as pichações.

Mais de 30 latas de spray foram apreendidas na casa de um deles, além de uma máscara que seriam utilizadas em pichações. Os homens foram identificados com a ajuda de imagens gravadas por câmeras de segurança.

“Nossa equipe pode identificar os responsáveis s e a ligação entre eles, que faziam parte de um grupo de pichação”, explicou o secretário da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Os três suspeitos responderão pelos crimes de dano e associação criminosa. De acordo com a polícia, todos têm antecedentes por pichação.

“Desde os primeiros momentos mantivemos contato e troca de informações com a Polícia Civil, que deu prioridade ao caso e foi fundamental para que pudéssemos dar essa resposta à sociedade”, pontuou o secretário.

O município também aplicou multa de R$ 10 mil a cada um dos suspeitos pela pichação no Bondinho.

“Há um trabalho para coibir essa prática, tanto no âmbito administrativo, com a multa prevista em legislação, quando na parte criminal, em ações conjuntas com a Polícia Civil”, acrescentou o diretor da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso.

Pichação no Bondinho da Rua XV

O Bondinho da Rua XV de Novembro amanheceu pichado no dia 18 de junho. Na manhã do mesmo dia, a Fundação Cultural de Curitiba iniciou o processo de limpeza do equipamento.

Uma das unidades da Coordenação de Literatura da Fundação Cultural, o Bondinho funciona como posto de atendimento para empréstimo gratuito de livros e atividades de incentivo à leitura. Após passar por reforma, foi reaberto ao público em novembro do ano passado.

Fonte: Paraná Portal

2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Vizi Pet
Rc Amb. Planejados