Um tamanduá foi flagrado na noite desta segunda-feira (12) caminhando pelas ruas do bairro Victório Marangoni em Bocaina (SP). O animal foi visto por uma moradora da cidade que acionou a Polícia Militar.

Os policiais fizeram a segurança do local até que a Defesa Civil chegasse para capturar o animal. Acuado e assustado com a presença de tantos moradores, o tamanduá ficou paralisado, “escondendo” o rosto.

Continua depois da publicidade



De acordo com a Polícia Militar, o animal é um Tamanduá Mirim adulto e pode ter até 105 cm de comprimento.

Tamanduá foi visto andando pelas ruas do bairro em Bocaina (Foto: Imprensa Jaú / Divulgação)

Tamanduá foi visto andando pelas ruas do bairro em Bocaina (Foto: Imprensa Jaú / Divulgação)

Vanessa Kapp, moradora que encontrou o bichinho, contou que o tamanduá chegou a ficar em pé quando ela se aproximou.

De acordo com a Polícia Militar, a ação da moradora ajudou a salvar a vida do animal que poderia ser facilmente atacado por cães ou mesmo ser atropelado.

Após ser capturado por um bombeiro da Defesa Civil, o tamanduá foi levado para uma reserva ambiental entre os municípios de Bocaina e Bariri, onde foi solto.

O animal estava perfeitamente saudável e não precisou passar por atendimento veterinário.

Tamanduá é um adulto que pode ter até 105 cm de comprimento, segundos os policiais (Foto: Imprensa Jaú / Divulgação)

Tamanduá é um adulto que pode ter até 105 cm de comprimento, segundos os policiais (Foto: Imprensa Jaú / Divulgação)

Continua depois da publicidade



Moradores ficaram curiosos com a "visita inusitada" (Foto: Bocaina Informa / Divulgação )

Moradores ficaram curiosos com a “visita inusitada” (Foto: Bocaina Informa / Divulgação )

Cuidados ao encontrar um animal silvestre

Ao se deparar com um animal silvestre, a Secretaria do Meio Ambiente aconselha a, num primeiro momento, ligar para o Corpo de Bombeiros ou acionar a Polícia Militar Ambiental. As duas entidades possuem agentes preparados para lidar com a situação.

É importante que a pessoa nunca tente fazer a captura do animal, que pode reagir de forma agressiva caso se sinta ameaçado, por estar fora do habitat natural. O Corpo de Bombeiros alerta para não fornecer alimentos ou água, que podem ser prejudiciais.

Fonte: Minilua

Paraná
Comunic
Vizi Pet
Rc Amb. Planejados
Real Planejados
Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech