O professor Luiz Bento

© TV Globo/Reprodução O professor Luiz Bento

O professor de educação física Luiz Heleno Bento, 27, afirma ter sido vítima de injúria racial no último domingo (6) no hotel Grand Mercure Vila Olímpia. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima estava no saguão do hotel quando foi surpreendida por um administrador, de 53 anos, que sem nada dizer lhe deu dois chutes, saindo em seguida.

Posteriormente, Bento foi surpreendido pelo agressor novamente, que lhe pediu desculpas pelo ataque alegando que havia o confundindo com um assaltante. O agressor informou à polícia que havia passado a noite em uma festa com seu filho, ingerindo bebidas alcoólicas. Ao retornar para o hotel, sofreu uma tentativa de assalto e confundiu a vítima com o assaltante.

“A agressão maior para mim foi ele ter falado ‘pensei que você fosse ladrão’. Ou seja, não vale de nada você ter estudo, você ser bom, você é negro você é pré-julgado. Você sofre agressão, preconceito. E ainda tem gente que diz que isso não existe mais”, disse o educador à GloboNews.

Bento decidiu seguir com uma representação criminal contra o agressor e o inquérito foi instaurado no 96º Distrito Policial. A autoridade requisitou as imagens do circuito de segurança para esclarecer os fatos.

Em nota, o Grand Mercure Vila Olímpia afirma que o desentendimento ocorreu fora das dependências do empreendimento, que foi prestado todo o atendimento necessário e que é contra qualquer tipo de discriminação e que está à disposição para colaborar com as autoridades.

Fonte: MSN

2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná
Comunic
Vizi Pet
Expo Vizinho
Rc Amb. Planejados
Real Planejados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.