Para veterinários, objeto foi atirado na direção da ave com intuito de acertá-la: agressor pode enfrentar seis meses de prisão

ONG foi alertada por testemunhas, que avistaram a gaivota em uma cidade no sul da Grã-Bretanha (Foto: RSPCA)

ONG FOI ALERTADA POR TESTEMUNHAS, QUE AVISTARAM A GAIVOTA EM UMA CIDADE NO SUL DA GRÃ-BRETANHA (FOTO: RSPCA)

Uma gaivota-prateada foi salva por veterinários após ser atingida gravemente por uma flecha, na cidade inglesa deBournemouth. O resgate foi possível graças ao auxílio de testemunhas, que presenciaram a ave voando com o objeto atravessado pelo seu corpo.

De acordo com membros da ONG Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA, na sigla em inglês), responsáveis pelo resgate da gaivota, a flecha tinha 71 centímetros de comprimento. “Os raios-X mostram que a flecha foi atirada diretamente através do pássaro e foi deixada profundamente enraizada na parte superior do corpo”, disse a ativista Jo Blackburn, de acordo com a rede britânica BBC.

“Infelizmente, o exame de raios-X mostrou que também há um projétil de ar comprimido no pássaro, que se supõe ter vindo de um incidente anterior, já que não há ferimento de entrada recente”, acrescentou Blackburn.

gaivota (Foto: RSPCA)

EXAMES DE RAIO-X REVELOU QUE ANIMAL TAMBÉM FOI ATINGIDO POR UM PROJÉTIL DE AR COMPRIMIDO (FOTO: RSPCA)

Felizmente, os veterinários da RSPCA conseguiram salvar o animal. Agora a ONG e as autoridades buscam pelo atirador que, se encontrado, pode enfrentar seis meses de prisão e uma multa.

gaivota (Foto: RSPCA)

AVE FOI TRATADA POR VETERINÁRIOS NA CLÍNICA DA ONG RSPCA (FOTO: RSPCA)

Fonte: Galileu

Real Planejados
Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná