Homem já havia sidoi indiciado por roubo qualificado em Itaguaí, pela Polícia Civil do Rio de Janeiro

© Reprodução/ Facebok

O ex-policial civil Carlos Pedro Soares Valadão, de 44 anos, foi preso na tarde do domingo (7) sob suspeita de mortar enforcada a amante, Evillen Ingrid Mota. A jovem de 18 anos foi morta em novembro do ano passado, em Paciência, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Segundo informações do jornal Extra, o suspeito havia sido expulso da corporação em 2005, quando foi indiciado por roubo qualificado em Itaguaí, pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Continua depois da publicidade



A prisão foi efetudada por policiais Delegacia de Homicídios da Capital (DH). De acordo com a investigação coordenada pelo delegado Daniel Rosa, o motivo do crime teria sido o término do relacionamento, decisão tomada pela vítima.

No dia do crime, o suspeito teria monitorado a jovem até o momento em que Evillen Mota saiu de casa. Ele seguiu a ex-amante até um local de pouca movimentação, para então abordar e enforcar a vítima, abandonado o corpo em via pública momentos depois.

Continua depois da publicidade



Carlos Valadão será indiciado por feminicídio e pode cumprir pena de até 30 anos. Ele é casado e pai de um filho.

Fonte: Jornal Folha do Estado

1-1 PG ELETRIBEL
1-5 PG - Salão do Automóvel
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional