Foto: Luiz Costa/SMCS

O Zoológico de Curitiba tem um novo morador: um filhote de arara-azul. É o quarto filhote da espécie a nascer no zoo do Alto Boqueirão. Segundo a Prefeitura, o bebê ainda está em um recinto, sob os cuidados do pai, foram de exposição no parque.

A espécie, que vive nas regiões do Pantanal e da Amazônia, é considerada vulnerável na escala de risco de extinção. No último censo realizado, havia apenas quatro mil indivíduos em vida livre, em razão da caça, comércio clandestino e desmatamento.

Equipes do zoo perceberam que os pais ficavam mais tempo no ninho e então descobriram o filhote. A estimativa é que o bebê tenha nascido há quatro meses.

Hoje, quase do tamanho dos pais, o ainda filhote já arrisca alguns voos. Estes animais costumam ficar sob a tutela dos progenitores de 12 a 18 meses após o nascimento.

Para saber se é macho ou fêmea será necessário fazer um teste de DNA, já que as aves não apresentam dimorfismo sexual.

Irmão famoso

O filhote é irmão do Blu, arara-azul que fugiu dos veterinários durante um teste de voo no Passeio Público, ainda em 2014.

Blu está em exposição em um recinto com uma fêmea da mesma espécie. Os dois ainda estão se conhecendo, mas espera-se que possa ser mais um casal a se reproduzir em breve.

Fonte: Paraná Portal

Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná
Comunic