Pesquisadores encontraram índices semelhantes no nível de cortisol, o hormônio do estresse, nos animais e em seus donos

O humor dos cachorros também depende do comportamento dos donos (Foto: Pexels)

O HUMOR DOS CACHORROS TAMBÉM DEPENDE DO COMPORTAMENTO DOS DONOS (FOTO: PEXELS)

Caso o seu animal de estimação esteja muito estressado nos últimos tempos, é melhor você prestar atenção no seu próprio comportamento: é possível que ele esteja apenas te imitando. Um novo estudo descobriu que donos de cachorros que sofrem com altos níveis de estresse tendem a conviver com cães mais estressados.

No estudo publicado na Scientific Reports, os pesquisadores determinaram os níveis de estresse ao longo de vários meses, medindo a concentração de um hormônio do estresse, o cortisol, nos humanos e nos animais.“Descobrimos que os níveis de cortisol a longo prazo no cão e em seu dono eram sincronizados, de modo que os proprietários com altos níveis de cortisol têm cães com altos níveis de cortisol, enquanto os proprietários com baixos níveis de cortisol têm cães com baixos níveis”, diz Ann Sofie Sundman, autora principal do estudo. 

Cientistas da Universidade de Linköping, na Suécia, recrutaram 25 border collies e 33 cães pastores Shetland — todos de propriedade de mulheres — e analisaram os níveis de cortisol em seus cabelos e pelos em dois momentos, com vários meses de intervalo.

Como alguns dos cães do estudo eram competidores, enquanto outros eram animais de estimação comuns, os pesquisadores também usaram um colar de rastreamento para monitorar seus níveis de atividade na semana que antecedeu a coleta de cada amostra.

Os resultados mostraram que a atividade física — que tem relação com o nível de cortisol — não influenciou os níveis dos índices de hormônio nos cães, que apresentavam resultados  fortemente conectados aos de seu dono. A equipe também usou uma série de questionários para determinar os traços de personalidade dos caninos e dos humanos, e descobriu que a características dos cães não tinha influência sobre seus níveis de cortisol, mas que as personalidades dos donos eram as principais responsáveis pelos resultados hormonais. 

Cachorro (Foto: Charles Deluvio/Unsplash)

 (FOTO: CHARLES DELUVIO/UNSPLASH)

Curiosamente, os cães cujos donos apresentaram um nível elevado de neuroticismo (traço da personalidade ligado a emoções negativas, como depressão e ansiedade) tenderam a exibir níveis mais baixos de cortisol. Os autores do estudo especulam que isso ocorre porque esses donos dependem muito de seus animais de estimação para conforto e apoio. 

Os pesquisadores agora planejam expandir essa investigação para incluir outras raças de cachorros, já que ambas as raças utilizadas no estudo são cães de pastoreio e foram seletivamente criadas para captar as emoções de seus donos. 

Fonte: Galileu

2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná
Comunic
Vizi Pet
Rc Amb. Planejados
Real Planejados
Saboretto