Após empresas negarem informação publicada por Bolsonaro, presidente apagou publicação

© Sérgio Lima/Poder360 Após empresas negarem informação publicada por Bolsonaro, presidente apagou publicação

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou na manhã desta 4ª feira (6.nov.2019), em seu perfil no Twitter, uma notícia falsa sobre o fechamento de fábricas na Argentina. A postagem foi deletada cerca de uma hora mais tarde, depois que as companhias mencionadas no tuíte negaram a informação.

A publicação do presidente comemorava suposto fechamento das empresas MWM, Honda e L’Oréal na Argentina e a instalação no Brasil devido a uma “nova confiabilidade do investidor”.

A Honda informou que não está fechando unidades na Argentina. Afirmou que manterá as operações no país como estava previsto e, a partir de 2020, concentrará sua produção na linha de motocicletas.

A L’Oréal informou não ter planejado o fechamento de nenhuma fábrica na Argentina. Já a fabricantes de motores MWM fechou a fábrica em Córdoba no mês de setembro. Informa, no entanto, que a assistência técnica e a distribuição de peças de reposição continuarão no país sul-americano.

Eis a postagem apagada por Bolsonaro:

© Reprodução/Twitter – @jairbolsonaro

Apesar de Bolsonaro ter apagado a postagem, o tuíte permaneceu no ar a tempo de repercutir na Argentina. O jornal Clarín, por exemplo, postou uma reportagem sobre o ocorrido.

A postagem sobre a migração das empresas foi feita depois de críticas de Bolsonaro ao recém-eleito presidente do país, Alberto Fernández, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner. Bolsonaro é crítico ao kirchnerismo e apoiou a reeleição do presidente Mauricio Macri. No início do mês, o brasileiro disse que não iria à posse de Fernández.

Fonte:MSN

Real Planejados
Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.