A britânica Lizzie Daly encontrou a criatura enquanto realizava um mergulho na costa da Cornualha, no Reino Unido: animal acompanhou a pesquisadora durante quase uma hora

A bióloga Lizzie Daly nadou ao lado de uma água-viva gigante durante quase uma hora (Foto: Divulgação/Dan Abbott/ Wild Ocean Week)

A BIÓLOGA LIZZIE DALY NADOU AO LADO DE UMA ÁGUA-VIVA GIGANTE DURANTE QUASE UMA HORA (FOTO: DIVULGAÇÃO/DAN ABBOTT/ WILD OCEAN WEEK)

Enquanto realizava um mergulho na costa da Cornualha, no Reino Unido, a bióloga britânica Lizzie Daly foi surpreendida ao encontrar uma água-viva de quase 1,5 metro de comprimento. A pesquisadora, que estava realizando uma gravação para a websérie Wild Ocean Week nadou ao lado do animal por cerca de uma hora: as imagens foram registradas por Dan Abbott, especialista em realizar imagens do fundo do mar.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, a pesquisadora afirmou que a experiência de mergulhar ao lado do animal marinho gigante foi “algo entre o sereno e o aterrorizante” e que nunca tinha observado de perto um exemplar tão grande da espécie conhecida como água-viva-barril (cujo nome científico é Rhizostoma pulmo). Apesar do tamanho, esses animais  não apresentam riscos para os humanos. 

De acordo com os pesquisadores, o animal estava percorrendo a costa da Cornualha em busca de alimentos — a região é conhecida pela grande concentração de plânctons, grupos de organismos que vivem em suspensão nas águas e que são a principal fonte de comida dessas águas-vivas. 

Essa época do ano é considerada uma das mais propícias para a observação de criaturas marinhas nessa região do Reino Unido, já que o período de chuvas ajuda a deixar a água mais clara. 

Veja o vídeo em que a bióloga encontra o animal gigantesco:

Fonte: Galileu

1-1 PG ELETRIBEL
Magirus
Paraná
Comunic
Vizi Pet
Rc Amb. Planejados
Real Planejados
Saboretto
Viper