Foram mais de 93 toneladas de casulos entregues para a filial da Bratac no município

Os criadores do bicho-da-seda de Boa Vista da Aparecida estão comemorando com a super produção neste início de ano, só no município, foram entregues mais de 64 mil quilos de casulos, o que gerou uma renda de R$ 1.135.314,00 para 34 produtores.

A filial da Bratac, empresa responsável em receber a produção, teve uma grande movimentação nesta semana.

Com sede em Londrina, no norte do Estado, é atualmente a única empresa nacional produtora de fios de seda. A filial boavistense recebe a produção de seis municípios: Boa Vista da Aparecida, Juvinópolis (Cascavel), Catanduvas, Capitão Leônidas Marques, Lindoeste e Santa Lucia, que juntos entregaram mais de 93 mil quilos e movimentaram mais de R$ 1.652.840,45.

Outro detalhe interessante é a área de cultivo da amoreira, principal nutrimento do bicho-da-seda, o qual se alimenta das folhas. Ao todo, foram cultivados 122,44 hectares, e só em Boa Vista da Aparecida foram mais de 85 ha.

Segundo dados da Secretaria da Agricultura e Abastecimento, o Paraná lidera a produção de casulos do bicho-da-seda no Brasil com 83%. A produção brasileira foi de aproximadamente 2,9 mil toneladas, sendo 2,4 mil toneladas foram produzidas no Paraná. A produção boavistense teve 16% de crescimento em comparação com a do ano passado.

 

Dados

Cidade Quantidade Valor R$ Barracões Criadores Área de Amora
Boa Vista da Apar 64.005,00 1.135.314,84 32 34 85,04 ha
Juvinópolis (Cvel) 9.136,10 168.796,32 3 3 6,00 ha
Catanduvas 1.244,50 19.515,28 2 2 4,07 ha
Cap. L. Marques 2.759,80 54.298,13 1 1 3,00 ha
Lindoeste 15.835,90 272.268,58 14 10 22,83 há
Santa Lúcia 179,90 2.647,30 0 1 1,50 ha
Total 93.161,20 1.652.840,45 52 51 122,44 ha

 

Fonte: Bratac – Unidade de Boa Vista da Aparecida

Rc Amb. Planejados
Real Planejados
Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus