Quando me disseram que as fotos tinham chegado aqui na redação da “Revista AnaMaria”, fiquei perplexa: “Cauã tirou a roupa na praia? Ele endoidou?”, perguntei, porque ele sempre é clicado quando está surfando (o que deve ser um saco para ele, mas ok). Não, as meninas me corrigiram, estava em casa meditando sem roupa. Aí sim, fiquei mais passada ainda. Como a gente pode ter chegado ao ponto de perder toda a noção de respeito e privacidade? A gente enlouqueceu?

Parece que sim. Um fotógrafo achou que era boa ideia registrar um momento da intimidade de Cauã dentro de sua própria casa e enviar às redações de sites e revistas. Até acho que estar nu ou não, nesse caso, é um detalhe. Ele podia estar lavando louça vestido, tirando caquinha de nariz de pijama, estar de terno, tanto faz. Estava dentro de sua própria residência e ninguém devia ter o direito de tirá-lo de lá para nos mandar em correntes de WhatsApp, por exemplo. Já imaginou se fosse com você, naquele dia em que depois de tomar banho percebe que esqueceu a toalha e saiu pingando pela casa? Aquele dia em que descobriu que não tem cueca limpa na gaveta e tem de ir até a lavanderia pelado pegar uma no varal? Agora imagina essa imagem no celular de todos os seus amigos!

Continua depois da publicidade



Uma vez, num camarote do Carnaval de Salvador, entrevistei Cauã, que ainda estava no começo de namoro com a Grazi. Ela estava no Rio, onde seria madrinha de bateria, e ele cumpria compromissos profissionais na Bahia — sendo que um deles era visitar o camarote onde eu trabalhava. Ao entrevistá-lo, perguntei como estava sendo curtir Salvador sozinho. Ele ficou furioso com a pergunta, disse que dava a entender que ele estava solteiro e não queria passar essa imagem. No dia seguinte, estaria com a Grazi de novo. “Eu sei como vocês, jornalistas de celebridades, não têm respeito, gostam de escrever essas coisas e passar uma impressão errada”, ele disse, e não respondeu a mais nada.

Eu fiquei brava, achei que tinha explodido sem razão e tive que pedir a uma colega para entrevistá-lo, porque ele não quis mais falar comigo. Hoje tenho que concordar, Cauã. A gente perdeu toda a noção de ética e de respeito. Aqui, na minha redação, o e-mail foi deletado e ninguém vazou as fotos por WhatsApp. E eu queria que o mesmo tivesse acontecido em todos os outros lugares. Até a curiosidade com a nudez de um dos atores mais bonitos do Brasil tem de ter limite. Não fazer com o outro o que não quer que façam com você é um bom jeito de não errar a dose.

Fonte: UOL

Rc Amb. Planejados
Real Planejados
Saboretto
Viper
Zanella
2-2 PG - Infotech
3-2 PG - Espaço Regional
1-1 PG ELETRIBEL
Magirus