Notícias

Campanha contra Febre Aftosa reúne lideranças em Nova Prata

29/04/2008


O município de Nova Prata do Iguaçu reuniu, no dia 18 de abril, o chefe regional da SEAB, Carlos Alberto Wust da Silva (Beto), o secretário municipal de Agricultura, Altair Anzilheiro e várias outras lideranças regionais e entidades do setor agropecuário, para discutir a estratégia e a abrangência da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa, que inicia em todo o Estado no dia 1º de maio.
A vacinação, no município de Nova Prata do Iguaçu, será realizada por colaboradores de todas as comunidades, coordenados e orientados pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (SEAB). O produtor deverá comprar a vacina no comércio agropecuário e cooperativas, até o dia 10 de maio.
Após o dia 10, os vacinadores estarão passando no comércio e recolhendo as vacinas e a relação dos nomes dos produtores. Os pecuaristas receberam avisos sobre a data e o horário da vacinação.
O secretário Altair Anzilheiro pede a colaboração de toda a população. “Colabore para que o Estado consiga alcançar a certificação da área livre de aftosa com vacinação, assim teremos uma melhor valorização de nossos produtos”, explica. A vacinação segue até o dia 20 de maio.
DOIS VIZINHOS
Mais de um milhão de bovinos e bubalinos deverão ser vacinados contra a afotsa nos 42 municípios do Sudoeste do Paraná, durante a campanha. Na região de Francisco Beltrão, com 27 municípios, estão cadastrados 681 mil bovinos. Nos 15 municípios que integram o núcleo regional de Pato Branco são aproximadamente 376 mil cabeças de gado.Dois Vizinhos deve vacinar a exemplo de 2007, 39 mil cabeças de gado. A orientação da equipe da Secretaria de Desenvolvimento Rural do município é de que os produtores comprem as vacinas já a partir do dia 30 de abril, para facilitar o trabalho dos vacinadores. “E a recomendação é de que os vacinadores que ainda não retiraram o material que vão até a Secretaria de Agricultura o quanto antes, para quando a campanha iniciar, possa estar tudo em dia”, observa Luiz Sieber, técnico da prefeitura. Ele pede ainda que os produtores colaborem com os vacinadores, comprando as vacinas antecipadamente.
Assinaturas pelo telefone (46) 3545-1396.
E-mail: noticias@jornaler.com.br


Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!