Notícias

Presos os envolvidos em furto na Tic-Tac de Nova Prata

23/02/2009


A Polícia Militar informou a prisão e encaminhamento para a Delegacia de dois envolvidos no furto ocorrido na madrugada de sexta-feira, 20, na Relojoaria e Ótica Tic-Tac. Foram presos Elciane dos Santos Gonçalves, de 20 anos, e Carlos Alexandre Rocha de Mattos, 18 anos, ambos residentes no bairro Julieta Bueno, em Cascavel. Elciane já possui passagem na polícia pelo crime de furto.
O fato ocorreu por volta das 3h30min de sexta. Um vigia noturno percebeu uma movimentação estranha no local e acionou a Polícia Militar. A loja tinha sido arrombada. Os meliantes, dois homens e uma mulher, levavam os objetos para um terreno baldio, nas proximidades, e na sequência carregavam em um Pálio azul, de placas LXR-9465 de Cascavel.
Quando notaram uma movimentação diferenciada nas proximidades, os marginais empreenderam fuga. O veículo é registrado no nome de Elciane Gonçalves. Os três levaram uma batedeira, um forno elétrico, uma centrífuga e uma câmera Yashica. No terreno próximo da loja foram localizados abandonados dois televisores de plasma. A PM iniciou diligências e numa ação conjunta com o Serviço Reservado, de Cascavel, localizou e identificou os marginais, além de recuperar parte dos objetos furtados.Representantes da empresa arrombada farão o reconhecimento dos objetos e o registro do inquérito. O terceiro envolvido ainda está foragido.
Para o cabo da Polícia Militar, Gelson Kerchner, “esse caso é um furto de ocasião. Eles passavam pela nossa cidade e sentiram chamativo o fato de o prédio ser envolvido por vidros e então realizaram o arrombamento”. Em entrevista para o Programa Espaço Regional, na Rádio Jovem Prata, o cabo disse que a ação do vigilante e de moradores da proximidade auxiliou no rápido trabalho da PM e a obtenção de informações como a numeração da placa do veículo.
Policiamento em Nova Prata
Feriadão de Carnaval e o pedido feito pelo cabo é que a população lembre dos fatos ocorridos em outros carnavais e se conscientize, “pois nós não queremos ter que noticiar a ninguém que seu filho sofreu ferimentos”. Kerchner pediu ainda que aqueles que ingerirem bebida alcoólica não dirijam. “O policial pode, se notar que o motorista está embriagado, realizar a prisão em flagrante. O teste bafométrico é apenas para que o motorista possa se defender e provar que não está em estado de embriaguez”, afirmou.
Apesar da estrada que liga a sede do município até a Praia Artificial de Nova Prata do Iguaçu ser estreita e estar tomada pela grama, o cabo lembra que apenas o excesso de velocidade causa, na maioria das vezes, os acidentes. “Se o motorista mantiver constante uma velocidade baixa os veículos poderão passar normalmente”, explicou.
O cabo lembrou que as infrações e manobras perigosas serão rigorosamente punidas. “Se não houver casos dessa procedência, a segurança dos motoristas, passageiros e pedestres estará garantida”. Os excessos causam os problemas.

Assinaturas pelo telefone (46) 3545-1396.
E-mail: noticias@jornaler.com.br


Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!